Eliminar células velhas para aumentar a longevidade…

Tábata Bergonci
10/02/2016

Cientistas conseguiram aumentar a vida de ratos em mais de 20%. [1]
Cientistas conseguiram aumentar a vida de ratos em mais de 20%. [1]
Você gostaria de viver por mais anos? Gostaria de se manter jovem e saudável por mais tempo? Seus problemas acabaram! Parece que a ciência está dando passos largos em busca da longevidade!

No seu coração, fígado, rins, e até mesmo no seu cérebro, existem células senescentes que, embora permaneçam vivas, perdem a capacidade de se dividir após sofrerem danos no DNA ou outro tipo de estresse. Quando isso acontece, os órgãos começam a passar por um processo de deterioração, já que não podem mais substituir as células que morreram. Todo esse processo leva ao envelhecimento.

Há mais de 50 anos, pesquisadores vêm tentando amenizar o impacto do envelhecimento sobre o corpo. Em 2011, cientistas descobriram que retirar as células senescentes de ratos desacelerava seu colapso físico à medida que estes envelheciam, embora a duração da vida continuasse a mesma [2]. Agora, o mesmo grupo de cientistas conseguiu desenvolver animais com mais tempo de vida, sem a maioria dos problemas do envelhecimento [3].

Sabendo que as células senescentes expressam o gene p16Ink4a, eles construíram um novo rato transgênico que, quando em contato com uma determinada droga, é induzido a eliminar células onde este gene está sendo expresso. Utilizando ratos transgênicos com um ano de idade, a droga foi injetada duas vezes na semana, durante seis meses. Embora esse procedimento não tenha eliminado todas as células senescentes nos animais, entre 50 e 70% menos células senescentes foram encontradas em alguns tecidos, comparando com ratos não tratados com a droga.

Além disso, após passarem pelo tratamento esses ratos eram mais saudáveis em vários aspectos, se comparados aos ratos não tratados. Os rins dos ratos com menos células senescentes funcionaram melhor e o coração era mais resistente ao estresse. Até mesmo o comportamento dos ratos era diferente: eles tendiam a explorar mais suas gaiolas!

O mais impressionante é que o tempo de vida desses ratos foi aumentado em mais de 20%! Uma das razões para o aumento da longevidade foi devido ao tempo para desenvolver câncer que esses ratos levavam. A remoção das células senescentes não preveniu o surgimento de câncer, mas fez com que o desenvolvimento deste fosse mais lento. Ou seja: nós acumulamos células senescentes, e elas nos tiram anos saudáveis!

Como nem tudo são “flores” na ciência, nem todos os problemas relacionados à idade foram melhorados nos ratinhos tratados. A memória, força muscular, equilíbrio e coordenação, todos os quais declinam à medida que envelhecemos, não foram melhores do que os dos roedores controle.

Esse estudo abre portas para que possamos começar a tratar aspectos de declínio funcional e doenças relacionadas à idade. De fato, parece que tratamentos clínicos visando a eliminação de células senescentes não estão tão longe de existir. Algumas empresas americanas já começaram a identificar compostos capazes de matar células senescentes em ratos não transgênicos.

Talvez, em um futuro não tão distante, você poderá injetar uma pequena molécula em seu corpo e viver por mais tempo e com mais saúde.

[1] Crédito da imagem: Martyn Fletcher (Flickr) / Creative Commons (CC BY 2.0). URL: https://www.flickr.com/photos/134832191@N08/24408895089/.

[2] DJ Baker et al. Clearance of p16Ink4a-positive senescent cells delays ageing-associated disorders. Nature 479, 232 (2011).

[3] DJ Baker et al. Naturally occurring p16Ink4a-positive cells shorten healthy lifespan. Nature 530, 184 (2016).

Como citar este artigo: Tábata Bergonci. Eliminar células velhas para aumentar a longevidade… Saense. URL: http://www.saense.com.br/2016/02/eliminar-celulas-velhas-para-aumentar-a-longevidade/. Publicado em 10 de fevereiro (2016).

Artigos de Tábata Bergonci     Home

Publicado por

Tábata Bergonci

Tábata Bergonci

Doutora em Genética e Melhoramento de Plantas. Pós-doutoranda na Universidade Federal de São Paulo. Escreve sobre Genética no Saense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.