Exercício aeróbico na hora certa ajuda na memorização

Matheus Macedo-Lima
22/06/2016

Exercício aeróbico horas após uma tarefa de memorização aumenta a retenção de memórias. [1]
Exercício aeróbico horas após uma tarefa de memorização aumenta a retenção de memórias. [1]
Quantas técnicas de memorização você conhece? Imaginar conexões entre objetos, criar estórias, associar objetos a locais… essas técnicas parecem eficientes para algumas pessoas, mas cientistas sugerem que há uma técnica mais simples de fortalecer memórias, que não exige tanto esforço mental… mas exige um certo esforço físico! Um estudo recente aponta que praticar exercício aeróbico cerca de 4 horas (mas não imediatamente) após uma tarefa de memorização traz benefícios para a memória [2].
Os experimentos nesse estudo foram relativamente simples: participantes treinaram em uma tarefa de associação entre objetos e suas localizações na tela de um computador e logo após foram testados na mesma tarefa. Em seguida, eles passaram por 3 condições diferentes: um grupo assistiu documentários sobre natureza por 4 horas e 10 minutos; outro grupo fez exercício aeróbico (num ergômetro) por 35 minutos e então 3 horas e 35 minutos de documentários; e o outro assistiu documentários por 3 horas e 35 minutos e então fez exercício por 35 minutos. Dois dias depois, os participantes refizeram o teste de memória, mas dessa vez dentro de uma máquina de ressonância magnética funcional. Para a surpresa dos pesquisadores, o grupo que praticou exercício retardado apresentou uma retenção de memória superior à dos dois outros grupos. Além disso, os resultados da ressonância mostraram que o mesmo grupo apresentou uma maior coerência na atividade na área do cérebro envolvida em formação de memórias espaciais, o hipocampo, quando os participantes respondiam corretamente no teste.
A hipótese dos pesquisadores sobre o porquê desse fenômeno é a seguinte: catecolaminas – como dopamina e noradrenalina – aumentam em concentração no cérebro durante uma tarefa de formação de memórias. Por meio de estudos com modelos animais, sabemos que essas moléculas são essenciais para a consolidação das novas memórias. Interessantemente, modelos animais também mostram que esses químicos são liberados durante exercício aeróbico. Os pesquisadores sugerem que, nos minutos imediatamente após a tarefa de memorização, esses químicos ainda estão presentes em alta concentração no cérebro e, portanto, os benefícios do exercício são minimizados. Quatro horas após o teste, os níveis de catecolaminas começam a reduzir no cérebro, e então o exercício traz esses níveis novamente para cima, beneficiando a memorização. No entanto, para comprovar essa hipótese, as pesquisas devem novamente voltar-se para modelos animais.
Em nossas vidas, frequentemente priorizamos estudar para uma prova ou concurso, em detrimento de atividades físicas. Esse estudo sugere que não desistir da academia nesses períodos de “sufoco” pode ser uma manobra eficiente para aumentar o rendimento, principalmente se o exercício for programado para algumas horas após o estudo. Além disso, em grupos de risco para déficits de memória – como idosos ou mulheres em menopausa – a prática constante do exercício aeróbico, além de promover a saúde geral, pode contribuir para a preservação da boa memória.

[1] Crédito da imagem: astrid westvang (Flickr) / Creative Commons (CC BY-NC-ND 2.0). URL: https://www.flickr.com/photos/astrid/4151899795/.

[2] EV van Dongen et al. Physical Exercise Performed Four Hours after Learning Improves Memory Retention and Increases Hippocampal Pattern Similarity during Retrieval. Current Biology 26, 1722 (2016).

Como citar este artigo: Matheus Macedo-Lima. Exercício aeróbico na hora certa ajuda na memorização. Saense. URL: http://www.saense.com.br/2016/06/exercicio-aerobico-na-hora-certa-ajuda-na-memorizacao/. Publicado em 22 de junho (2016).

Artigos de Matheus Macedo-Lima     Home

Publicado por

Matheus Macedo-Lima

Matheus Macedo-Lima

Doutorando em Neuroscience and Behavior na University of Massachusetts Amherst (USA). Escreve sobre Neurociência no Saense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.