A influência da mentalidade dos pais no desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita dos filhos

Claudio Macedo
20/10/2016

Apoio materno na leitura. [1]
Apoio materno na leitura. [1]
Experimentos em escolas de ensino fundamental da Dinamarca demonstraram a influência decisiva da mentalidade dos pais no desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita de crianças da segunda série [2].

O trabalho envolveu 1.587 crianças de 72 salas de aulas. Os pais, todos voluntários, receberam informações sobre como orientar a leitura dos filhos, como é possível desenvolver a habilidade de leitura e como apoiar a criança elogiando seu esforço ao invés de sua performance. Como resultado, a intervenção dos pais fez melhorar de forma relevante o desempenho em leitura e escrita de todas as crianças participantes do ensaio. Sendo destacado que entre os participantes haviam crianças imigrantes com origens não ocidentais,  crianças com pais de baixa escolaridade e também de famílias socioeconomicamente desfavorecidas.

As informações que os pais receberam para apoiar a leitura dos filhos enfatizaram a teoria de que é possível o crescimento das habilidades das crianças; que a capacidade de leitura do filho pode ser melhorada, não importa se a criança já é boa ou ruim na leitura. O material que foi distribuído incentivou os pais a usar uma abordagem construtiva, apoiando o envolvimento autônomo da criança com os livros; pediu aos pais para falar com a criança sobre o conteúdo antes, durante e após a leitura, fazer perguntas abertas para a criança, ter tempo para responder às perguntas da criança, e certificar-se de que a abordagem foi uma experiência agradável. Os pais também foram encorajados a não corrigir erros de leitura da criança, a não ser que afetassem a compreensão sobre o que foi lido, e a aplaudir o esforço do filho ao invés do desempenho.

Após três meses de apoio parental, as crianças melhoram suas realizações em leitura e compreensão de texto, e também as habilidades de linguagem expressiva, conforme medido em testes escritos. Sendo o índice de melhoria de desempenho maior nas crianças cujos pais demonstraram ter originalmente mentalidade fixa [3]. Os autores interpretaram o resultado do experimento como evidência de que filhos de pais com mentalidade fixa têm menor capacidade de leitura e escrita do que crianças de pais com mentalidade de crescimento. Assim, ao assumir temporariamente uma atitude de mentalidade de crescimento durante o experimento esses pais promoveram uma mudança mais forte no ambiente de casa no sentido de favorecer o crescimento intelectual da criança.

Esse trabalho é inédito no sentido da influência da mentalidade dos pais no desempenho escolar dos filhos na faixa de 7 a 8 anos de idade, mas segue em linha com o estudo feito no Chile com alunos do Ensino Médio e que foi objeto do artigo “A mentalidade que decide o desempenho escolar” [4]. Também, podemos dizer que é coerente com a descoberta que tutoria cognitiva individualizada corrige a função cerebral em crianças com dificuldades de aprendizagem matemática, assunto do artigo “Superando dificuldades de aprender Matemática” [5].

Temos, então, mais uma experiência educacional digna de ser repetida em larga escala. Simplesmente, com o apoio de pais voluntários, devidamente orientados pela escola, crianças evoluíram de forma muito expressiva em suas habilidades de leitura e escrita.

[1] Crédito da imagem: Neeta Lind (Flickr) / Creative Commons (CC BY 2.0). URL: https://www.flickr.com/photos/neeta_lind/2617210082/.

[2] SC Andersen and HS Nielsen. Reading intervention with a growth mindset approach improves children’s skills. PNAS 10.1073/pnas.1607946113 (2016).

[3] Pessoa de mentalidade fixa é a que acredita que a inteligência é fixada no nascimento e não pode ser alterada, já a de mentalidade de crescimento, é a que acredita que a inteligência não é fixa e pode ser desenvolvida ao longa da vida.

[4] Claudio Macedo. A mentalidade que decide o desempenho escolar. URL: http://www.saense.com.br/2016/07/a-mentalidade-que-decide-o-desempenho-escolar/. Publicado em 21 de julho (2016).

[5] Claudio Macedo. Superando dificuldades de aprender Matemática. Saense. URL: http://www.saense.com.br/2015/10/superando-dificuldades-de-aprender-matematica/. Publicado em 06 de outubro (2015).

Como citar este artigo: Claudio Macedo. A influência da mentalidade dos pais no desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita dos filhos. Saense. URL: http://www.saense.com.br/2016/10/a-influencia-da-mentalidade-dos-pais-no-desenvolvimento-das-habilidades-de-leitura-e-escrita-dos-filhos/. Publicado em 20 de outubro (2016).

Artigos de Claudio Macedo     Home

Publicado por

Claudio Macedo

Claudio Macedo

Doutor em Física. Divulgador de Ciência. Professor da Universidade Federal de Sergipe (1976-2016). Escreve sobre Temas Variados da Ciência no Saense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.