Não se preocupe com o esquecimento, o ZnO lembra para você

Marcelo Macedo
24/11/2017

Mente humana. [1]
O ZnO (óxido de zinco) é um material que tem apresentado diversas propriedades físicas e químicas interessantes, sobretudo quando produzido em escala nanométrica. A sua versatilidade tem permitido o seu uso nas áreas de detecção de luz, monitoramento químico, piezoeletricidade, e também como antibactericida e protetor solar de raios UV [2].

Em um artigo recente [3], Melo e Macêdo mostraram que é possível guardar informação de maneira permanente em um filme fino de ZnO. Quando o filme fino foi submetido a uma diferença de potencial entre dois condutores metálicos, foram formados filamentos de zinco metálico, devido à quebra de ligação entre o zinco e o oxigênio. Um estado de baixa resistência elétrica (RB) foi formado bem distinto daquele sem filamento (estado de alta resistência elétrica – RA), dando um fator de RA/RB = 1011.

Representando o estado RB pelo número um (1) e o estado RA pelo número zero (0), é fácil imaginar que uma sequência de números como por exemplo 10101010, que representa um byte de 8 bits, está associado aos estados de baixa e alta resistência. Caso você esqueça de alguma informação, basta medir a resistência elétrica de cada um dos bits.

O estudo de formação de filamentos em materiais em forma de óxido é uma área bastante efervescente. A sua consolidação vai conduzir ao surgimento de uma nova classe de memórias denominada memórias resistivas, com alta capacidade de armazenamento de dados, ultra velocidade de acesso, baixo consumo energético e uma alta estabilidade quanto ao chaveamento elétrico [3].

[1] Crédito da imagem: hweeshin (Openclipart) / Creative Commons (CC0 1.0). URL: https://openclipart.org/detail/242309/the-human-mind.

[2] A Sirelkhatim et al. Review on Zinc Oxide Nanoparticles: Antibacterial Activity and Toxicity Mechanism. Nano-Micro Lett 7, 219 (2015).

[3] AHN Melo and MA Macêdo. Permanent Data Storage in ZnO Thin Films by Filamentary Resistive Switching. PLoS ONE 10.1371/journal.pone.0168515 (2016).

Como citar este artigo: Marcelo Macedo. Não se preocupe com o esquecimento, o ZnO lembra para você. Saense. URL: http://www.saense.com.br/2017/11/nao-se-preocupe-com-o-esquecimento-o-zno-lembra-para-voce/. Publicado em 24 de novembro (2017).

Artigos de Marcelo Macedo     Home

Publicado por

Marcelo Macedo

Marcelo Macedo

Doutor em Física Aplicada. Professor da Universidade Federal de Sergipe. Escreve sobre Tecnologia e Inovação no Saense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *