Uma Supernova sobre Munique

ESO
01/05/2018

Planetário e Centro de Visitantes Supernova do ESO. [1]
No dia 26 de abril de 2018, o Planetário e Centro de Visitantes Supernova do ESO foi oficialmente inaugurado. O centro, situado na Sede do ESO em Garching, na Alemanha, proporcionará aos seus visitantes uma experiência imersiva no campo da astronomia em geral, incluindo resultados científicos, projetos e avanços tecnológicos obtidos no ESO. Todas as atividades serão gratuitas durante 2018, com agendamento online de espetáculos e outros eventos.

O Planetário e Centro de Visitantes Supernova do ESO surge de uma colaboração entre o Observatório Europeu do Sul (ESO) e o Instituto de Estudos Teóricos de Heidelberg (HITS). O edifício foi doado pela Klaus Tschira Stiftung (KTS), uma fundação alemã que promove as ciências naturais, a matemática e a ciência de computação e o ESO encarrega-se de gerir e operar a infraestrutura [2].

O edifício inovador foi concebido pelos arquitetos Bernhard + Partner e pretende ser a representação de um sistema binário próximo, com uma das estrelas transferindo massa para a sua companheira, fazendo com que a estrela mais pesada exploda sob a forma de uma supernova, brilhando durante um breve período de tempo tão intensamente como todas as estrelas de uma galáxia. O centro — a que se chamou precisamente Supernova do ESO — brilha intensamente de modo semelhante, gerando entusiasmo e paixão pela astronomia entre os jovens e os mais velhos.

O Supernova do ESO possui um planetário digital que proporciona uma experiência imersiva aos seus espetadores através de técnicas de visualização de vanguarda. O planetário oferece muitos shows diferentes e também outros eventos culturais. Entre Abril e Junho de 2018, os visitantes podem escolher entre oito shows diferentes, que vão desde o filme de animação premiado Os Segredos da Gravidade, que nos fala sobre as descobertas de Albert Einstein, até ao documentário de aventuras Universo Escondido, para tela gigante.

Para as escolas, o Supernova do ESO oferece ainda dois shows de planetário especialmente concebidos para este fim — Uma Visita ao Sistema Solar e Os Céus por Cima de Nós — e seis workshops especialmente inseridos nos currículos escolares. A programação para grupos visitantes está preparada para crianças que frequentem todos os níveis de ensino, desde o pré-escolar ao secundário. Para os professores, o Supernova do ESO oferece ainda programas especiais de treinamento.

O Supernova do ESO tem ainda uma exposição astronômica interativa, onde os visitantes podem explorar e examinar instrumentos astronômicos reais e realizar experiências para ficarem com uma ideia do que é ser astrônomo, trabalhar em ciência e descobrir os mistérios do Universo. A primeira exposição permanente chama-se O Universo Vivo e trata do extenso tópico que é a vida no Universo.

Destacamos: uma imagem de 40 metros do céu noturno (a maior do mundo); um meteorito e um segmento de espelho do futuro Extremely Large Telescope, que pode ser tocado; uma estação interativa, onde cada um pode construir o seu próprio telescópio, e ainda uma volta de bicicleta à velocidade da luz, para os visitantes mais atléticos! A exposição pode ser visitada independentemente ou como parte de uma visita guiada.

As salas de seminários, situadas no piso superior do edifício, proporcionam espaço para a realização de palestras, workshops e conferências, enquanto o Vazio, no térreo, se trata de uma área central coberta por um telhado-estrela bastante único.

O Supernova do ESO estará aberto das 9:00 às 17:00 de quartas a sextas e das 12:00 às 17:00 aos sábados e domingos. Podem ser reservados bilhetes gratuitos online e imprimidos posteriormente à chegada ao centro.

Todos os conteúdos estão em inglês e alemão e o centro é completamente gratuito durante 2018. Mais informações, incluindo programação e detalhes sobre como planejar uma visita, estão disponíveis no website do Supernova do ESO.

Os visitantes podem assinar o Boletim Informativo Público e seguir @ESOSupernovaDE em alemão no Facebook e/ou Twitter, ou @ESOSupernova em inglês no Facebook e/ou Twitter. Os representantes dos meios de comunicação social podem subscrever-se neste link para receber notícias, enquanto que as pessoas ligadas à educação podem receber o Boletim Informativo de Educação.

Doações e parcerias com o Supernova do ESO são benvindas. Os espaços do centro também podem ser alugados para diversos eventos. [3]

[1] Crédito da imagem: ESO/P. Horálek.

[2] Após ter desenvolvido a ideia para um novo edifício inovador dedicado à divulgação da astronomia, o já falecido Klaus Tschira, na época Diretor Executivo da Klaus Tschira Stiftung (KTS) e do Instituto de Estudos Teóricos de Heidelberg (HITS), iniciou debates com o ESO no intuito desta instituição acolher a infraestrutura. Em dezembro de 2013, o ESO aceitou oficialmente a doação do edifício.

[3] Esta notícia científica foi traduzida por Margarida Serote (Portugal) e adaptada para o português brasileiro por Gustavo Rojas.

Como citar esta notícia científica: ESO. Uma Supernova sobre Munique. Tradução de Margarida Serote e Gustavo Rojas. Saense. http://www.saense.com.br/2018/05/uma-supernova-sobre-munique/. Publicado em 01 de maio (2018).

Notícias científicas do ESO Home

Publicado por

ESO

O ESO (European Southern Observatory) é a mais importante organização europeia intergovernamental para a investigação em astronomia e é de longe o observatório astronômico mais produtivo do mundo. O ESO é financiado por 16 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Itália, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça, assim como pelo Chile, o país de acolhimento, e pela Austrália, como parceiro estratégico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.