Pesquisadores tentam acelerar o processo evolutivo para salvar uma espécie de marsupial da Austrália

Luana Mendonça
31/08/2018

[1]
Quem acompanha meus textos sabe que eu venho mostrando vários trabalhos sobre espécies ou ambientes ameaçados, principalmente pela ação humana. E Continuar lendo Pesquisadores tentam acelerar o processo evolutivo para salvar uma espécie de marsupial da Austrália

O efeito dominó inimaginável: ratos diminuem a comunidade de aves marinhas, que diminui o volume de excremento de ave produzido e gera uma diminuição de recifes de corais!

Luana Mendonça
18/07/2018

[1]
Quê? Foi a primeira coisa que veio na minha cabeça quando li o título do artigo sobre o qual falaremos aqui: “Aves marinhas aumentam a produtividade e o Continuar lendo O efeito dominó inimaginável: ratos diminuem a comunidade de aves marinhas, que diminui o volume de excremento de ave produzido e gera uma diminuição de recifes de corais!

Reduções de nutrientes a longo prazo levam à recuperação sem precedentes na Baía de Chesapeake, Estados Unidos

Luana Mendonça
19/06/2018

Foto tirada em 1936 por Jim Pickerell mostrando organismos mortos por causa da poluição em uma região perto da ponte na Baía de Chesapeake, USA.

As regiões costeiras vêm recebendo a maior parte do impacto da ocupação humana, desde a redução de áreas verdes até o despejo de esgoto e resíduos Continuar lendo Reduções de nutrientes a longo prazo levam à recuperação sem precedentes na Baía de Chesapeake, Estados Unidos

Armadilha letal criada pela evolução adaptativa: borboletas que se adaptaram a recurso exótico se extinguem localmente

Luana Mendonça
15/05/2018

Borboleta nativa da América do Norte Euphydryas editha (A), a planta nativa da qual ela se alimentava Collinsia parviflora (B) e a planta exótica que substituiu a nativa na alimentação da borboleta Plantago lanceolata (C). [1]
Já falamos sobre a introdução intencional ou não de espécies exóticas em um texto anterior, então hoje vamos falar de um caso em específico, relatado em Continuar lendo Armadilha letal criada pela evolução adaptativa: borboletas que se adaptaram a recurso exótico se extinguem localmente

O aumento das temperaturas globais pode estar modificando o sincronismo das espécies!

Luana Mendonça
19/04/2018

[1]
O sincronismo é fundamental para a vida, pois se, por exemplo, um predador sai pra caçar e não há presa, ele vai acabar morrendo de fome, se um macho pronto Continuar lendo O aumento das temperaturas globais pode estar modificando o sincronismo das espécies!

Na batalha (quase) nenhuma formiga é deixada para trás!!

Luana Mendonça
20/03/2018

Formigas africanas proporcionam ajuda seletiva e tratamento para companheiras de ninho! [1]
Para iniciar, gostaria de dizer que estou muito feliz, pois este texto comemora 1 ano que eu contribuo com o Saense Continuar lendo Na batalha (quase) nenhuma formiga é deixada para trás!!

Que tiro foi esse? Estrelas do mar de regiões profundas do Ártico possuem olhos bem desenvolvidos!

Luana Mendonça
20/02/2018

[1]
Estrelas-do-mar são um dos representantes do filo Echinodermata mais conhecidos, pois são bem diversos, multicoloridos e representados em vários Continuar lendo Que tiro foi esse? Estrelas do mar de regiões profundas do Ártico possuem olhos bem desenvolvidos!

Invasões biológicas: espécies exóticas promovem a extinção

Luana Mendonça
16/01/2018

[1]
Invasão biológica ou bioinvasão constitui “o ato ou efeito de um ou mais organismos invadirem e se estabelecerem onde não havia registros anteriores Continuar lendo Invasões biológicas: espécies exóticas promovem a extinção

Mais um capítulo na novela ‘Evolução dos Bilateria’: nova espécie de Xenoturbella é descoberta

Luana Mendonça
19/12/2017

Figura 1 – Um dos representantes do gênero Xenoturbella, X. churro descrita por Rouse e colaboradores em 2016. [1]
Primeiro gostaria de dizer que tudo bem em você não saber o que é um Xenoturbella, eu mesma há 2 anos não sabia nem que esse grupo e seus parentes Continuar lendo Mais um capítulo na novela ‘Evolução dos Bilateria’: nova espécie de Xenoturbella é descoberta

A bactéria simbionte com menor genoma já conhecido fornece ao seu hospedeiro uma capacidade incrível: quebrar Pectina!

Luana Mendonça
21/11/2017

Figura 1 – Escaravelho (Besouro da folha) Cassida rubiginosa na fase adulta (A) e larval (B) hospedeiro da bactéria extracelular com menor genoma já conhecido (em verde e azul fluorescentes) que habita diversos órgãos do sistema digestivo (C, D e E) e reprodutivo (C, F e G) do inseto hospedeiro. FG: intestino anterior; MG: intestino médio; HG: intestino posterior; OV: ovários. [1]
Primeiro o mais importante, o que é Pectina? É um polissacarídeo que constitui boa parte dos tecidos das plantas, mas também tem várias aplicações Continuar lendo A bactéria simbionte com menor genoma já conhecido fornece ao seu hospedeiro uma capacidade incrível: quebrar Pectina!