Simulando uma máquina do tempo quântica

Antônio Murilo Macedo
09/12/2016

As máquinas do tempo do seriado “Dr Who” e da trilogia “Back to the Future”. [1]
As máquinas do tempo do seriado “Dr Who” e da trilogia “Back to the Future”. [1]
Máquinas que permitem viagens no tempo sempre ocuparam o imaginário popular. Continuar lendo Simulando uma máquina do tempo quântica

Sabres de luz para computação quântica

Antônio Murilo Macedo
11/11/2016

Um duelo com sabres de luz. [1]
Um duelo com sabres de luz. [1]
As cenas de luta com sabres de luz foram um enorme sucesso na trilogia clássica Guerra nas Estrelas desde Continuar lendo Sabres de luz para computação quântica

E o Nobel vai para…topologia quântica

Antônio Murilo Macedo
14/10/2016

Medalha do Prêmio Nobel de Física de 1994 em Exibição no Canada Science and Technology Museum. [1]
Medalha do Prêmio Nobel de Física de 1994 em Exibição no Canada Science and Technology Museum. [1]
O Prêmio Nobel de física de 2016 foi concedido a três ingleses [2]: David Thouless da Universidade de Washington, Duncan Haldane Continuar lendo E o Nobel vai para…topologia quântica

Parte luz e parte elétron: o híbrido perfeito

Antônio Murilo Macedo
09/09/2016

Esferas metálicas interagindo com luz. [1]
Esferas metálicas interagindo com luz. [1]
Misturar ingredientes parece ser uma solução óbvia quando desejamos combinar propriedades únicas de cada uma das partes.  A arte da culinária é talvez o Continuar lendo Parte luz e parte elétron: o híbrido perfeito

Holograma de um fóton

Antônio Murilo Macedo
12/08/2016

Holograma de um prédio. [1]
Holograma de um prédio. [1]
Quando fotografamos um objeto, usamos a intensidade da luz para construir uma imagem plana do objeto, ou seja uma perspectiva de ângulo fixo. Em um holograma, a forma espacial de um objeto é codificada Continuar lendo Holograma de um fóton

O gato risonho de Alice é quântico

Antônio Murilo Macedo
08/07/2016

Sorriso do gato de Cheshire de “Alice no País das Maravilhas”. [1]
Sorriso do gato de Cheshire de “Alice no País das Maravilhas”. [1]
Ao ver o gato de Cheshire desaparecer gradualmente deixando apenas seu sorriso, Alice comenta “Frequentemente vejo um gato sem sorriso, mas um sorriso sem gato Continuar lendo O gato risonho de Alice é quântico