Um sistema múltiplo observado no momento de sua formação

Marcelo M. Guimarães
30/10/2016

Imagem do sistema L1448 IRS3B feita com o ALMA mostrando duas protoestrelas no centro e uma terceira protoestrela mais distante à esquerda. A estrutura espiral de gás e poeira, também visível na imagem, indica instabilidade gravitacional no disco. [1]
Imagem do sistema L1448 IRS3B feita com o ALMA mostrando duas protoestrelas no centro e uma terceira protoestrela mais distante à esquerda. A estrutura espiral de gás e poeira, também visível na imagem, indica instabilidade gravitacional no disco. [1]
Ao se fazer a estatística de multiplicidade estelar percebe-se que a maioria das estrelas possuem uma Continuar lendo Um sistema múltiplo observado no momento de sua formação

Onde os planetas nascem

Marcelo M. Guimaraes
10/04/2016

Imagem produzida pelo ALMA do disco protoplanetário ao redor da estrela jovem, análoga ao Sol, TW Hydrae. O quadro em destaque dentro da imagem mostra uma “falha” no disco localizada a 1UA, mesma distância da Terra ao Sol, onde provavelmente um exoplaneta está se formando. Outras falhas são visíveis na image a distância maiores da estrela. [1]
Imagem produzida pelo ALMA do disco protoplanetário ao redor da estrela jovem, análoga ao Sol, TW Hydrae. O quadro em destaque dentro da imagem mostra uma “falha” no disco localizada a 1UA, mesma distância da Terra ao Sol, onde provavelmente um exoplaneta está se formando. Outras falhas são visíveis na image a distância maiores da estrela. [1]
Localizado a 5.000 metros de altitude, no norte do deserto do Atacama no Chile, em um dos locais mais secos da Terra, o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) [2] observa o Universo em ondas de rádio. Continuar lendo Onde os planetas nascem