UnB
11/07/2022

[1]

Isaac Roitman

Pitágoras: ‘Educai as crianças e não será preciso punir os homens’

A erosão é uma palavra muito usada para descrever um processo de desgaste transformando e modelando a crosta terrestre. Ela representa um dos principais problemas da destruição ambiental, uma vez que o solo, e outros elementos da natureza, representam a base de toda a vida do planeta.

Os valores humanos fazem parte de formação da consciência através de princípios morais e éticos que são construídos socialmente e fundamentais para o convívio humano. Entre os valores humanos podemos citar:

1 – O respeito em ter a consideração com os sentimentos do outro;

2 – Normas de conduta que podem determinar decisões importantes e garantir uma convivência social pacífica, honesta e justa;

3 – Humildade, que é a capacidade de reconhecer as próprias falhas e dificuldades;

4 – Senso de justiça, que significa agir com integridade e igualdade, tanto para si mesmo como para os outros;

5 – Solidariedade, que é um ato de bondade e compreensão com o próximo.

Revisitando a história da espécie humana, infelizmente esses e outros valores humanos não foram utilizados em sua plenitude, gerando um cenário de exploração humana, violência, falsidades, hipocrisia, corrupção, consumismo, desrespeito aos direitos humanos, destruição da natureza, fome, guerras, migrações forçadas, genocídios e injustiças.

Infelizmente esse cenário também é atual no Brasil e no planeta, apesar da maioria das religiões e ideologias políticas se manifestarem a favor do exercício pleno dos valores humanos. É preciso transformar a retórica e as intenções em realidade.

Atualmente discute-se a existência de uma crise de valores humanos, que seria o distanciamento dos princípios éticos e morais, uma verdadeira erosão dos valores humanos. As consequências são catastróficas e ameaçam a sobrevivência da espécie humana. Alguns consideram que essa crise ocorre em razão de mudanças sociais que permitiram uma flexibilização de valores. No entanto, os valores não devem ser relativizados, isto é, que os princípios fundamentais de ética e moral não sejam esquecidos, independentemente de situações ou contextos sociais. Por esse motivo é preciso que todos estejam atentos aos seus pensamentos e ações.

Uma pergunta emerge: quais os caminhos para a prevenção da erosão dos valores humanos? A resposta é a educação. Ela é um valor humano que significa agir de forma respeitosa, cordial, educada e amável com toda a natureza e especialmente com outros seres humanos, em todas as situações.

A educação também se refere aos processos de aprendizados e de desenvolvimento humano que acontece formal (escola) ou informalmente (família e sociedade). A inserção de valores humanos deve ser feita logo após o nascimento e consolidada ao longo da vida. Assim, em poucas gerações será feita a reconstrução dos valores humanos.

É pertinente lembrar o pensamento de Pitágoras (570-495 a.C): “Educai as crianças e não será preciso punir os homens” e também do nosso saudoso educador Paulo Freire: “Uma das condições fundamentais é tornar possível o que parece não ser possível. A gente tem que lutar para tornar possível o que ainda não é possível. Isto faz parte da tarefa histórica de redesenhar e reconstruir o mundo.” [2], [3]

[1] Imagem: mary1826 / Pixabay

[2] Publicado originalmente no portal Monitor Mercantil em 23/2/2022

[3] Isaac Roitman é doutor em Microbiologia, professor emérito da Universidade de Brasília e membro titular da Academia Brasileira de Ciências

Como citar este texto:  UnB. A erosão dos valores humanos. Texto de Isaac Roitman. Saense. https://saense.com.br/2022/07/a-erosao-dos-valores-humanos/. Publicado em 11 de julho (2022).

Notícias da UnB     Home