Jornal da USP
15/06/2023

Quasar – Foto: Freepik

Em um artigo publicado na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, pesquisadores das Universidades de Sheffield e Hertfordshire, na Inglaterra, analisaram imagens do Telescópio Isaac Newton, de La Palma, e descobriram que a interação entre duas galáxias é a principal causa da formação de um tipo específico de quasar.

De acordo com Zulema Abraham, astrônoma e professora do Departamento de Astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, quasares são “núcleos ativos de galáxia”, ou seja, buracos negros supermassivos situados no centro de uma galáxia, consumindo matéria.

A docente, que não participou da pesquisa internacional, esclarece que o novo artigo confirmou uma das hipóteses que explicam a formação dos quasares, a interação entre duas galáxias. “Eles observaram 48 quasares, verificando se suas galáxias hospedeiras apresentavam alguma deformação ou irregularidade devido à interação com outras galáxias”, explica.

A força de atração gravitacional dessas estruturas é tão intensa que acelera a matéria que se aproxima delas em altíssimas velocidades. Isso gera uma quantidade imensa de energia, tornando os quasares mais brilhantes do que suas próprias galáxias. Segundo a professora, um buraco negro se torna um quasar quando “existe uma grande quantidade de matéria caindo no buraco negro. E o problema é de onde vem essa matéria”.

O estudo, no entanto, não revela a origem de todos os quasares. Em vista disso, ela destaca que o artigo estuda quasares do “tipo local 2”, que emitem poucas ondas de rádio quando comparados aos seus homólogos. A especialista ressalta também que existem quasares que são compostos de dois buracos negros. “Pode ser que tenham se formado devido à colisão de duas galáxias, ou pode ser que dois buracos negros tenham se formado na mesma galáxia”, teoriza.

Apesar da nova descoberta, até que os cientistas consigam compreender a origem dos buracos negros, a formação dos quasares permanece, parcialmente, um mistério. “Uma das coisas fundamentais hoje em dia é [entendermos] a origem dos buracos negros. Não se sabe se esses buracos negros supermassivos se formaram no início do Universo ou se se originaram depois da formação das galáxias”, lembra a astrônoma. [1], [2]

[1] Texto de Guilherme Castro Sousa.

[2] Publicação original: https://jornal.usp.br/atualidades/pesquisa-internacional-sugere-que-interacao-entre-galaxias-impulsiona-formacao-de-quasares/.

Como citar este texto: Jornal da USP. Pesquisa internacional sugere que interação entre galáxias impulsiona formação de quasares.  Texto de Guilherme Castro Sousa. Saense. https://saense.com.br/2023/06/pesquisa-internacional-sugere-que-interacao-entre-galaxias-impulsiona-formacao-de-quasares/. Publicado em 15 de junho (2023).

Notícias do Jornal da USP     Home